Serviços

Investigação Genética

Testes realizados a partir de coletas de amostras da saliva com objetivo de investigar intolerâncias alimentares.

Compartilhe
Investigação Genética da Intolerâncias à lactose. 

A intolerância primária à lactose, também conhecida como hipolactasia primária, trata-se de um distúrbio digestivo caracterizado pela ausência ou baixa produção da enzima lactase. A intolerância à lactose não é considerada uma doença, mas sim uma insu?ciência do organismo em realizar a metabolização de produtos contendo lactose, uma vez que a enzima responsável não funciona corretamente.

O objetivo do teste genético de intolerância à lactose é detectar as variantes genéticas relacionadas à deficiência e/ou à expressão reduzida da atividade enzimática da lactase, presente no intestino delgado. O teste genético auxilia o diagnóstico mais preciso de pacientes com suspeita de intolerância primária à lactose. Tanto para os paciente com sinais clínicos de intolerância. Como para aqueles que apresentam apenas queixas.

Com o teste, é possível definir o nível tolerável da ingestão de leite e derivados, definir um tratamento nutricional que visa equilibrar o trânsito intestinal e reduzir os sintomas gerais do quadro de intolerância. Por fim, recuperar o estado nutricional do paciente.

Investigação Genética da Intolerâncias ao glúten.

O teste genético de Intolerância ao Glúten tem por objetivo detectar os haplótipos associados aos genes que codificam os HLA-DQ2 e HLA-DQ8, auxiliando no diagnóstico da doença celíaca. A ausência destes biomarcadores determina um alto valor preditivo negativo, aproximadamente de 100%. O que torna pouco provável o desenvolvimento da doença nesses casos.

Com o teste,  é possível definir um tratamento nutricional que visa equilibrar o trânsito intestinal, r??????eduzir ou eliminar a ingesta de glúten do paciente baseando-se na evidência do perfil genético, reduzir os sintomas gerais do quadro de intolerância, recuperar o estado nutricional do paciente e mitigar o risco de desenvolvimento da Doença Celíaca.

Investigação Genética  para Perfil de obesidade

Trata-se de uma ferramenta que irá avaliar um número reduzido de genes e variantes, porém com reconhecido valor científico e essenciais no papel da genética nas condições da obesidade e do sobrepeso.

Com o resultado desse teste é possível desenvolver um plano alimentar de acordo com os resultados dos genes e variantes, potencializando sua resposta fisiológica na perda e/ou manutenção do peso e, levando em consideração, os conceitos práticos de Nutrigenética e Nutrigenômica


Você está precisando de atendimento ? Use o formulário

Irei retornar confirmando e, você pode solicitar pelo meu WhatsApp também.